29 de julho de 2010

A verdade sobre os versos

.
o sabor / o criar
o manifesto

tudo é verso / prazer
e me despeço

28 de julho de 2010

O manifesto

.
Q.I de coração / amores da frieza
cognição

intuição
por fora gelo / por dentro vulcão

27 de julho de 2010

O criar

.
escrever
revelar / desnudar
rever / deletar

reescrever
brincar / reorganizar
reler / reinventar

qualquer palavra serve
e me serve

26 de julho de 2010

O sabor

.
por dentro é verão
interminavelmente

tenho minha cor
indubitavelmente

19 de julho de 2010

Crivo

.
O que falta na congênita análise social é autocrítica. Perguntar se o caminho trilhado realmente é o melhor. Reciclar! O mundo está diferente e há quem não note.

15 de julho de 2010

Militância

.
Mundo incongruente este: há de se ter o direito a uma causa para defender, mesmo que para isso seja preciso tolher a de outrem. A militância, em qualquer causa, termina por ser contraditória: deixa de ser a saída para um problema para ser a chegada de outro.

10 de julho de 2010

Devir

.
"Processo", essa palavra é muito importante. Tudo está em constante transformação, num girar contínuo, feito um espiral. O que me lembra Paulo Freire, para quem o mundo não é, mas está sendo.

5 de julho de 2010

Cores

.
Os raros leitores do Ideário sabem o quanto Dani e eu gostamos das tiras do Ryot. Recebi por e-mail uma que tem tudo a ver com as coisas que escrevo aqui. E percebi uma falha incrível: não havia o link para o ryotiras em minha lista de blogs. Com este post, está corrigido!